sexta-feira, 14 de maio de 2010

A MELHOR RESPIRAÇÂO

COMO RESPIRAR CORRETAMENTE

Observe um recém nascido respirando: Quando o ar entra nos pulmões a barriga cresce, quando o ar sai a barriga murcha, em um ritmo só, de vai e vem, demonstrando que está sendo usado o diafragma, que é o músculo próprio para empurrar o ar para dentro ou para fora. E assim ter uma respiração adequada.

Infelizmente o homem vai perdendo a capacidade de respirar corretamente, devido ao estresse, medos, insegurança, tensão e emoções em geral, baseado na pressão que ele armou (consciente ou inconscientemente) para sua própria vida. Com isso, vai tendo respirações cada vez mais curtas, chegando a colocar no seu pulmão a quantidade mínima necessária do ar, atrofiando a capacidade do próprio pulmão. 

Isso pode ser comprovado facilmente: Experimente fazer respirações lentas e profundas, enchendo o pulmão ao máximo de ar (inspirando), prendendo o ar por metade deste tempo (retendo) e soltando o ar ao máximo (expirando) no mesmo tempo em que inspirou. Exemplo: Inspirando por 4 segundos, retendo por 2 segundos (metade do tempo da inspiração) e expirando por 4 segundos. 

Faça 10 vezes lentamente, lembrando de encher e esvaziar ao máximo. Se sentir tontura, escurecimento de vista ou qualquer outra reação anormal é porque o seu pulmão e o corpo perderam a capacidade de receber o oxigênio, isto porque respira rápido e superficialmente. 

Então, se não tomar providências cabíveis estará criando doenças em breve.

Para reverter o quadro é só praticar estes exercícios 1 a 2 vezes ao dia.
 
Em repouso, a cavidade do tórax 
pode ser expandida de várias maneiras. 

A caixa torácica pode ser impulsionada para fora (respiração torácica ou do peito); 
Os ombros podem ser levados para cima (respiração clavicular ou do ombro); 
O assoalho muscular da cavidade peitoral pode ser impulsionado para baixo (respiração diafragmática ou da barriga). 

Usamos combinações diferentes dessas técnicas de respiração mas, apenas uma é eficiente: a respiração diafragmática.


2 comentários:

  1. Analuci
    Obrigado, e também por acompanhar o blog.
    Aceitamos sugestões, críticas.
    Grande abraço

    ResponderExcluir