domingo, 21 de fevereiro de 2010

ADAPTAÇÃO DA CASA DE IDOSOS PARA PREVENÇÃO DE ACIDENTES

Atualmente existem profissionais especializados na contrução e adaptação das casas tornando-as segura para os idosos.
Podemos encontrar sites dedicados a este assunto feito por arquitetos e engenheiros especializados.
Novos mobiliários e equipamentos foram desenvolvidos com dimensões e funções adequadas para tornar mais segura e confortável a casa de idosos e deficientes.
Em momento algum o idoso deve se considerar um problema quando perceber que suas habilidades físicas se modificaram e que precisam mudar sua casa por causa disso.

Durante toda nossa vida modificamos nossa casa de acordo com nossas vidas. Temos quartos para bebês, crianças pequenas, crianças maiores, adolescentes, adultos, casais e idosos. Faz parte do ciclo da vida.


Uma habitação mais adequada, não só traz conforto, independência e segurança, como contribui para a dignidade do idoso, dando espaço à sua mente para outras questões relacionadas ao prazer de viver.
Então porque não darmos a devida importância a este assunto e aprendermos mais sobre ele?
Abaixo estão relacionados alguns aspectos importantes para serem adequados à casa do idoso.

ESCADAS
Devem ter corrimão dos dois lados, dimensionados de acordo com o peso e altura do usuário.


Quando se usa cadeiras de rodas, a escada deve ser substituída por rampa ou,  pode-se acoplar um elevador especial, de movimento diagonal.

ARMÁRIOS
Com luz interna, portas leves e puxadores grandes, deve ter cabideiros baixos (1,5 metro de altura).
Quando se usa cadeiras de rodas, os armários devem ser instalados a 30 centímetros do chão.

CAMA
Deve-se levantar a cama já existente, de maneira que facilite o acesso. A altura recomendada é de 55 a 65 centímetros.
A mesa-de-cabeceira deve ter a mesma altura da cama. Nela deve-se deixar uma lanterna e um abajur fácil de ser aceso, além de um telefone e uma lista de números de emergência.
Outra sugestão é a instalação de um interruptor preso à cabeceira da cama.
Alguns telefones podem ser pré-programados para discagem com apenas uma tecla.

SALA
Poltronas e sofás devem ser mais altos, podendo-se adaptar os já existentes. Estantes devem ser fixadas no chão e presas à parede para que possam servir como ponto de apoio.
Tapetes e móveis baixos devem ser removidos para evitar tropeços.
A TV e o aparelho de som devem ter controle remoto.

COZINHA
A bancada da pia deve estar de 85 a 90 centímetros do chão, permitindo que se trabalhe numa posição mais confortável.
Os armários não devem ser muito altos e devem ter portas e gavetas de fácil abertura.
Os objetos mais utilizados devem estar com fácil acesso nos armários, assim como o forno elétrico ou de microondas.
Entre os utensílios, recomenda-se um carrinho para levar pratos, talheres e a comida à mesa.
O piso deve ser antiderrapante e o ambiente deve ter luz de emergência.
Lembre-se: Todos os ambientes deve estar livres de obstáculos que possam causar acidentes.


BANHEIROS: Atenção Redobrada



Muitas quedas ocorrem no banheiro. Por isso ele merece considerações especiais sobre:
Como ter mais conforto
Como evitar acidentes
Os pisos devem ser antiderrapantes, o que pode ser conseguido com tintas especiais.
Tapetes de borracha são importantesoara a prevenção de acidentes.
Um banco de plástico, com cerca de 40 cm de altura deve estar dentro do box.
Deve-se colocar corrimãos dentro do box e ao lado do vaso, além de duchas móveis.


SUPORTES, ALÇAS DE APOIO E CADEIRA REMOVÍVEL
Escorregões no banheiro não dependem da idade, por isso suportes e alças de apoio são recomendados.
Para idosos, alças de apoio também permitem o uso de cadeira removível.
Estes equipamentos devem estar de acordo com as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Portanto é necessário consultar uma empresa especializada.
Existem na internet vários sites relacionados ao assunto.
Abaixo um dedicado a este assunto


http://www.casasegura.arq.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário