quinta-feira, 18 de março de 2010

A BASE DE SUSTENTAÇÃO DO CORPO: OS PÉS E OS TORNOZELOS


O pé e o tornozelo constituem a base de sustentação ou o alicerce do corpo humano. Proporcionam a estabilidade necessária para que possamos assumir a nossa postura ereta e singular. O pé está adaptado para fornecer a flexibilidade necessária em solos irregulares e para absorver o impacto. 


A postura do corpo humano está intimamente ligada aos pés. Para o individuo ter uma boa postura, o centro de gravidade deve projetar-se na base de sustentação representada pela planta dos pés.

Caso o centro de gravidade esteja fora do alinhamento, ocorrerá um aumento dos desequilíbrios musculares, um aumentando das instabilidades posturais e prejudicará os movimentos corpóreos normais.

Este centro de gravidade não é fixo, ele varia de acordo com nossas necessidades do dia a dia quando andamos, corremos, pulamos e até mesmo quando ficamos em pé parados.

Existem três variáveis que podem influenciar na nossa postura: 
o sistema visual, 
o sistema vestibular (sistema nervoso) 
e a planta dos pés com as informações táteis e proprioceptivas.

Os pés são as estruturas que entram primeiramente em contato com o solo e agem intensamente no controle postural, equilíbrio, apoio, impulsão, absorção de impactos e distribuição do peso corpóreo na pressão plantar.

Desde que adotamos a postura ereta bípede, ou seja, ficamos em pé, temos sido desafiados pela força da gravidade para manter o equilíbrio do corpo sobre a pequena área de suporte delimitada pelos pés. 
E a tarefa do sistema de controle postural é manter a projeção horizontal do centro de gravidade do indivíduo dentro da base de suporte definida pela área da base dos pés durante a postura ereta estática.





veja também matéria publicada em
17 mar 2010
A IMPORTÂNCIA DOS PÉS NA POSTURA

 


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário